Novela de João Emanuel Carneiro, ‘Segundo Sol’ estreia nesta segunda com cantor que se faz de morto

Um artista com a carreira em declínio começa a faturar muito dinheiro após a sua morte. O detalhe: ele não morreu realmente. Esse é o mote de “Segundo Sol”, novela das nove da Globo que estreia nesta segunda (14).

A trama, escrita por João Emanuel Carneiro, autor do sucesso “Avenida Brasil” (Globo, 2012), ainda abre espaço para histórias de amor e dramas familiares. O protagonista é Beto Falcão, interpretado por Emilio Dantas. Ele é um cantor de axé que já não faz mais sucesso e que, além de encarar a decadência, vê a família contrair dívidas por conta da construção de um estúdio musical para que ele possa trabalhar.

“Beto é um sujeito que vai experimentar uma sequência de conflitos, inclusive alguns criados por ele mesmo. Teve apenas uma música de destaque em toda a carreira, a ‘Axé Pelô’, e usou e abusou do hit. Uma hora, isso ia acabar”, conta Dantas.

Sua história muda quando ele perde um voo que iria para Aracaju (SE). O avião cai e todos pensam que ele morreu. A comoção em torno do acidente faz com que volte a ser considerado um ícone da música. Seu irmão e empresário, Remy (Vladimir Brichta), mancomunado com Karola (Deborah Secco) –namorada de Beto, que tem um caso com o próprio cunhado–, decide não desmentir a história da morte. Esconde Beto e aproveita a boa fase financeira que se inicia.

 

Fonte: UOL